_F1V5192.jpg

EXAMES LABORATORIAIS

Oferecemos uma infinidade de exames laboratoriais que vão desde os mais simples como hemograma, urinálise e parasitológico de fezes, até exames de dosagem hormonal, PCR e histopatológicos especiais. Tudo isso para oferecer um diagnóstico mais rápido e preciso quando seu pet precisar.

Dicas (8).png
HEMATOLOGIA

Hematologia: O hemograma é considerado um exame de base, de primeira linha dentro do processo diagnóstico de qualquer paciente. Com ele o veterinário tem condições de avaliar o comportamento das células vermelhas (hemácias) e brancas (Leucócitos) do sangue, podendo avaliar a presença ou não de anemias e infecções, respectivamente, além de outras possibilidades de avaliação.

Bioquímica Sérica (Função Renal, hepática, eletrólitos e outros elementos séricos): A bioquímica sérica possue exames de primeira linha assim como de segunda linha. Com eles é possível avaliar a função renal, hepática, pancreática, entre outros, auxiliando assim no processo diagnóstico.

Dicas (11).png
BIOQUÍMICA
HEMOGASOMETRIA

Hemogasometria e eletrólitos (Avaliação dos gases sanguíneos e eletrólitos): Este exame é muito utilizado nos atendimentos emergenciais assim como para o acompanhamento de pacientes internados e em estado crítico. Com ele é possível obter dados sobre os níveis de eletrólitos e gases sanguíneos. É um exame de extrema importância para a tomada de decisões em situações críticas.

Avaliação hormonal (Hormônios tireoidianos, adrenais, sexuais e outros): As dosagens hormonais servem para a investigação quanto a possibilidade da presença de doenças endócrinas a exemplo do hipo e hipertireoidismo, hipo e hiperadrenocorticismo, desordens sexuais, entre outras. É considerado um exame de segunda linha dentro da avaliação clínica de um paciente.

Dicas (15).png
AVALIAÇÃO HORMONAL
Dicas (13).png
MICROBIOLOGIA

Microbiologia (Cultura Bacteriana e Fúngica): Essa classe de exames, as chamadas culturas, consiste em colocar um material obtido do paciente em um meio de cultura sob características específicas de umidade e temperatura, afim de se identificar o agente causal do problema.

Exames Sorológicos (Erlichia, Babesia, Leishmania, entre outras): Os exames sorológicos são realizados com amostras de soro obtidas da coleta de sangue do paciente. Esses exames visam identificar a presença de anticorpos produzidos pelo paciente em função de ter sido exposto a algum agente infeccioso, contribuindo assim na análise diagnóstica do paciente.

Dicas (10).png
SOROLÓGICO
Dicas (17).png
MOLECULARES

Exames moleculares PCR (Leishmania, Babesia, Erlichia, entre outros): O PCR é considerado um exame molecular que visa detectar a presença de partículas de RNA de agentes infecciosos nas amostras obtidas de pacientes sintomáticos ou que tenham tido contato com algum agente infeccioso, contribuindo assim na análise diagnostica.

Parasitológicos (fezes e pele): Os exames de parasitológico de fezes e pele visam a identificação de parasitas nas amostras. Estes agentes são responsáveis por inúmeras doenças nos cães e gatos.

PARASITOLÓGICO
Dicas (19).png
CITOLOGIAS

Citologias (Ouvido, Pele, Aspirativa, Líquidos Cavitários, entre outras): A citologia tem como finalidade a avaliação dos tipos celulares presentes na amostra. Esse exame pode ser feito com amostras obtidas por aspiração por agulha fina, imprint, decalque, etc. Pode ser feito com inúmeras amostras a exemplo de fezes, cerume e outra secreções. Auxilia no diagnóstico de quadros infecciosos, neoplásicos, inflamatórios, etc.