Uso de exames complementares na medicina veterinária!

Os exames laboratoriais e de imagem, como diz o nome e a definição, são exames complementares, ou seja, tem a função de complementar a avaliação clínica realizada pelo médico veterinário, contribuindo assim para o correto diagnóstico ou para o processo de descarte das suspeitas diagnósticas iniciais levantadas pelo veterinário. Existem diversos tipos de exames complementares a exemplo do hemograma, bioquímica sanguínea, sorologias, exames hormonais e exames de imagem. Existem exames complementares que nos fornecem informações específicas e outros que nos dão uma visão geral de um determinado sistema, a exemplo de dosagem de TSH, T4 e hemograma, respectivamente, onde um fala apenas da função tireoidiana e o outro fala sobre o sangue como um todo, trazendo informações sobre processos anêmicos, possibilidades de infecção, etc. Por isso, a escolha de quais exames complementares deverão ser realizados, dependerá das suspeitas de doença que o paciente tem de acordo com a avaliação clínica do veterinário. Com a multiplicidade de sintomas que o paciente pode apresentar e a possibilidade de um mesmo sintoma fazer parte da sintomatologia de diferentes doenças, isso faz com que a realização de algum exame complementar, como parte integrante da avaliação clínica de um paciente, seja quase que obrigatória.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo